5 dicas para o test drive

Feliz Dia das Mães
maio 14, 2017
Dez infrações de moto que fazem você perder a carteira
maio 23, 2017
Exibir todos

5 dicas para o test drive

Woman buying a car and getting keys from salesman

 

Na hora de trocar de carro ou adquirir seu primeiro carro, é comum surgir uma dúvida grande sobre qual modelo levar. Para não perder dinheiro, você deve considerar três fatores que determinam quanto o carro vai pesar no seu bolso e, para escolher o modelo que mais atende às suas necessidades, vale apostar em um test drive.

O test drive é aquela voltinha, sem compromisso, que os consumidores podem dar com o carro da concessionária. Nem todo mundo aproveita essa oportunidade, mas a verdade é que ela pode ser decisiva. Esse é o momento em que você vê se o carro funciona como você espera ou se é apenas um “rostinho bonito”.

É interessante fazer o teste com pelo menos três carros diferentes. Assim, você tem mais parâmetros para analisar e comparar. No fim do passeio, você pode até descobrir que o modelo que não parecia tão interessante é muito melhor do que aquele que você gostou logo de cara.

Antes de ir à loja, é interessante fazer uma boa pesquisa sobre os carros que mais te interessam. Assim, você consegue argumentar melhor com o vendedor e já chega sabendo quais pontos merecem mais a sua atenção.

O que observar no test drive

1) Ao entrar no carro, regule o banco. Perceba se ele te deixa confortável e se tem a altura adequada para oferecer boa visibilidade. Aproveite para sentir o volante. É ergonômico? Leve? Fácil de controlar? Também fique de olho no acabamento do painel.

2) O percurso do test drive é curto (em média de 2 km), por isso, é importante aproveitá-lo ao máximo. Tente passar por lombadas, ruas de paralelepípedo ou até mesmo por cima de bocas de lobo. Esses obstáculos fazem com o que o carro se movimente mais e são importantes para testar a estabilidade, ou seja, sentir se ele chacoalha muito nessas situações.

3) No caminho, preste atenção nos comandos dos pedais. Veja a resposta da aceleração, o tamanho da embreagem (caso seja um carro manual) e como o freio se comporta. Você pode até estranhar um pouco, mas tem que se sentir seguro na direção. Vale fazer um baliza.

4) Não tenha vergonha de investigar o carro. Mexa na regulagem dos bancos, abra o porta-malas, olhe o porta-luvas, ligue o limpador de para-brisa. Se der, leva um familiar ou amigo para ir no banco de trás e te contar como foi a viagem.

5) Um fator que as pessoas esquecem com frequência e que faz toda a diferença é: esse carro cabe na minha garagem? Nada pode ser mais frustrante do que comprar por impulso e, ao chegar em casa, perceber que o portão não fecha ou que é simplesmente impossível fazer uma baliza na vaga do prédio.

 

Quer tirar sua CNH AB e começar a dirigir carro e moto? Então procure a Auto Escola Asa Branca! A auto escola com a frota mais completa de São Vicente.

Os comentários estão encerrados.