Motoristas pedem rebaixamento de categoria da CNH para fugir do teste toxicológico

comprar carro usado dicas
4 dicas para comprar um carro usado
março 27, 2017
Comissão aprova nova classificação para carteira de habilitação de motociclistas
abril 4, 2017
Exibir todos

Motoristas pedem rebaixamento de categoria da CNH para fugir do teste toxicológico

exame toxicologico

Há cerca de um ano, tornou-se obrigatório o teste toxicológico para motoristas portadores da CNH de categoria C, D ou E (aptos a dirigir ônibus, caminhões, transporte escolar, carretas e veículos que atendem aplicativos).

Com essa obrigatoriedade, muitos motoristas pedem o rebaixamento de CNH, retornando a categoria B. Seja para fugir no exame ou porque com esse custo a mais e não exercendo atividades profissionais ligadas a direção, tornou-se desinteressante manter as categorias profissionais.

O número de pedidos tem crescido no Estado de SP. Entre julho e setembro de 2015, foram 10 mil pedidos de rebaixamento. No mesmo período do ano de 2016, o número aumentou para 75 mil solicitações.

O CFC Asa Branca exige e incentiva seus alunos a realizarem o exame toxicológico ao solicitarem a mudança para as CNHs D ou E. Além de ser um exame importante, deixa o trânsito mais seguro e é exigido por lei. Obter a CNH profissional é vantajoso para o motorista, já que abre a possibilidade de uma nova profissão e atividade.

Os comentários estão encerrados.